Últimas notícias
Home / Notícias / Morte de casal carbonizado pode ter sido motivada por vingança; rapaz era o alvo principal

Morte de casal carbonizado pode ter sido motivada por vingança; rapaz era o alvo principal

Luana e Eleandro, que eram namorados há poucos meses, foram encontrados no porta-malas de um carro

(Foto: Facebook)

A Polícia Civil de Piraquara, acredita que Eleandro de Oliveira, de 35 anos, encontrado carbonizado junto com a namorada dentro de um carro no dia 29 de outubro, era o principal alvo dos assassinos. Seguindo essa linha de investigação, Luana Graciele Toler, 34, foi vítima do crime apenas por estar com o companheiro.

O casal foi desovado dentro do porta-malas de um Fiat 147 incendiado, próximo às obras da Rodovia João Leopoldo Jacomel, em Piraquara. Os bombeiros encontraram os corpos totalmente carbonizados, depois que as chamas foram controladas.

Carro em chamas. Foto: Colaboração

Segundo o delegado Ari Nunes Pereira, responsável pelo caso, a polícia ainda tem poucas pistas sobre o duplo homicídio, que pode ter acontecido em Curitiba ou São José dos Pinhais. “Esse é um caso bem complicado, porque os dois foram mortos em outro município e, posteriormente, conduzidos para Piraquara, onde os autores botaram fogo no veículo, que pertencia ao Eleandro”, comentou ele em entrevista à Banda B.

Ainda de acordo com o delegado, as investigações seguem duas vertentes principais: um caso passional ou motivado por vingança. “A segunda linha é a que nos chamou mais a atenção. Nós acreditamos que alguém tinha um problema com o rapaz e resolveu matá-lo. Como a mulher estava junto com ele, ela também foi assassinada. Não sabemos, ainda, qual seria o motivo dessa desavença, mas temos certeza que os homicídios envolveram mais de um autor”, completou.

Nenhuma das vítimas possuía antecedentes criminais. O casal namorava há poucos meses e, segundo familiares, Luana estava muito feliz com o relacionamento. Ela era professora de uma escola infantil particular de São José dos Pinhais, onde morava. Já Eleandro tinha residência no bairro Boqueirão, em Curitiba.

A Polícia Civil continua as investigações para identificar e localizar os autores do crime. “Como temos que realizar buscas na capital e em São José, o trabalho será exaustivo, mas vamos fazer o nosso melhor para elucidar esse caso”, finalizou Nunes.

Carro estava estacionado em um terreno baldio, no Jardim Bela Vista, em Piraquara

Por Marina Sequinel e Antônio Nascimento –  BandaB

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Veja também

Exposição de Orquídeas no Shopping São José

Shopping São José realiza 3ª edição de Exposição de Orquídeas   Na ocasião, mudas e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.